<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11512529\x26blogName\x3dEstupidamente+Feliz\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://estupidamentefeliz.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://estupidamentefeliz.blogspot.com/\x26vt\x3d-3372212108791558975', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

31.5.05

Grande demais

O meu Pai, que é o mais inteligente, bondoso (e etc) e o melhor Homem do mundo, se tivesse um blog seria deste genero.

A minha Irmã, que é a mais inteligente, divertida, carinhosa (e etc) e das melhores Mulheres (e mãe) do mundo, se tivesse um blog seria um cruzamento entre este, este e este.

A minha Mãe, bom, essa não caberia num blog...

ps:pais, mães e irmãs, que dificil que é adjectiva-los!

Em Boa Companhia

00:00 Saio de casa em direcção ao Saldanha, Residence, cinema

02:02 Saio do cinema

A ausência de companhia faz-me saborear melhor o gosto deixado pelo filme,
(como um chocolate, dissolvo-o relaxadamente na boca)
que uma possivel companhia com a opinião errada poderia estragar
(em vez de o trincar e mastigar)

O caminho de volta a casa torna-se uma autoestrada vazia cheia de pensamentos



Penso, sobretudo, sobre
a vida poderia ser o nosso filme, se ao menos tivessemos
coragem de o dirigir nos próprios em vez de nos entregarmos invariavelmente àquele destino igual a tantos,
pragmatismo na escolha das personagens,
independência de seguir em frente, mesmo que sozinhos,
forças para soltar as amarras,
vontade.

02:22 Chego a casa

Serei sempre um espírito livre?
Irei sempre sozinho ao cinema?

30.5.05

Estou

L I V R E ! ! !





ou quase!

A semana infernal que culminou com o entregar de 2 trabalhos, terminou HOJE!!!

Já tenho tempo para fazer todas as outras coisas que supostamente não devemos fazer
(disparates)
sem ter de me preocupar com



Estou realmente FELIZ




ou quase!

27.5.05

Diálogos

Ele                                                                                                  Ela

Tás bom?
(pergunta, doce)
Bom!?!?
(confusa, sobrolho carregado)
Sim...
bom, meu amor!

25.5.05

Fui Fuiuuu....(assobio)

Mas há piropo mais giro?

23.5.05

Altruísta Filho da Puta

-Epah, ganda lata que tens em ser altruísta...
-Lata?
-Hoje em dia é tudo egoista!! Se queres ser alguém na vida tens de pisar os outros, pah
-...
-Ganda filho da puta que me saiste, altruista filho da puta!

19.5.05

Estou

genuinamente triste.

15.5.05

Sem olhar a Meios

Sem olhar a Meios
Sem olhar a Meios
Sem olhar a Meios

A frase massacra-me o cerebro como um martelo pneumático parte (...).

É uma coisa que sempre me fez repulsa, o não-olhar-a-meios para chegar a um fim.
É do mais baixinho que um ser humano pode descer.
O que me preocupa é que esta "filosofia" infiltrou-se de tal forma na esfera social que já mal damos por ela, a não ser que se manifeste na sua forma original, rude e burlesca.

Hoje em dia impera, sem-hipóteses, a cultura do imediato, do fastfood, do já, do p'ra-ontem, do agora-já-tá-paciencia, e tende-se a não ligar patavina-peva-niente, nadinha de nada, e mais grave ainda, a não dar valor, à verdadeira essência das coisas.

O quê que interessa realmente? Qual é a verdadeira essência das coisas?

O que interessa realmente num disco são as musicas em si, e não se vendeu muito ou pouco! O problema é que primeiro estuda-se o mercado e a aceitação do produto no mesmo e estabelece-se os numeros alvo, e faz-se o produto, perdão, disco, perdão, produto em função dos numeros! Ou seja, o "resultado final" não é uma consequência natural e merecida do meio que levou ao fim! Onde está a essencia e o espectáculo de um número?

O que interessa realmente num jogo de futebol são unicamente os noventa minutinhos em que os jogadores dão, perdão, deviam, dar espectaculo, pois são pagos para isso! Mas há quem subverta completamente o espectaculo e arme toda uma estrategia que não passa perto sequer do espectaculo, e aí temos 6 milhões, perdão, 5 milhões, perdão, 12 milhões a aplaudir e a festejar! Festejar o quê? A soma dos pontos? Onde está a essencia e o espectáculo de um número?

Assistimos todos os dias ao triunfo glorioso disfarçado de avozinha de quem não olha a Meios, e ficamos cada vez mais pobres por não valorizarmos o MEIO que é onde está TUDO!

13.5.05

Estupidamente Feliz

Hoje
Hoje
Hoje
Hoje
Hoje
Hoje
Hoje fui! fui fui fuifui fui

Personalidezes #2







Your #2 Match: ENFP




The Inspirer

You love being around people, and you are deeply committed to your friends.
You are also unconventional, irreverant, and unimpressed by authority and rules.
Incredibly perceptive, you can usually sense if someone has hidden motives.
You use lots of colorful language and expressions. You're qutie the storyteller!

You would make an excellent entrepreneur, politician, or journalist.




ps:este tamém tá bem, menos Tanso, mas tá bem

Olhem-me nos olhos

e digam-me!
Qual é o mal da Ingenuidade?

Merda de sociedade que não valoriza os BONS valores!
bahhhhh

Personalidezes







Your #1 Match: ENFJ




The Giver

You strive to maintain harmony in relationships, and usually succeed.
Articulate and enthusiastic, you are good at making personal connections.
Sometimes you idealize relationships too much - and end up being let down.
You find the most energy and comfort in social situations ... where you shine.

You would make a good writer, human resources director, or psychologist.



ps:por outras palavras, sou o Tanso!

11.5.05

Achas

que és unico?

(...)

então porque procuras alguém "parecido" contigo?

10.5.05

Pensar

Cada vez penso menos.


Porra, é a unica coisa que consegui escrever.
Não estava preocupado, mas agora fiquei.

Queria dissertar sobre o pensamento e a importância dos momentos de reflexão, mas, ironicamente não passei da primeira linha.
Eu que sempre tive o cerebro em movimento.

Já sei!
Preciso de férias.

9.5.05

Comecemos a semana

embalados por esta "bossa morna" lindissima
interpretada pelo


Dori Caymmi

que um dia disse
"Não acho que exista exercício para a sensibilidade!"

5.5.05

Estou

todo partido.
E como se não bastasse, o meu cerebro, por solidariedade para com o resto do corpo, também se recusa a funcionar devidamente.
O que vale é que para ver futebol, não preciso mais do que o Teco.

3.5.05

Por causa

deste senhor

e da sua musica que tá a tocar aqui no giradiscos, e que tocou hoje de manhã no outro giradiscos portatil, tive um bom dia!

Que vos sirva para tornar qualquer coisa melhor.

Obrigado Carlinhos!

2.5.05

Hoje

vai ser o ultimo dia deste aborrecimento geral que me assola a alma, o coração, e os tomates.

Amanhã será um novo dia, uma nova semana, um novo mês, um novo ano!

Ah, boa disposição, maravilha, espectaculo!



ps:alguém quer partilhar amanhã, comigo, esse estado de alegria, boa disposição, estupidez?

ps2:merda, estraguei tudo.

Hoje

está tudo a correr-me ao contrário.
E ainda só são 3 e meia.
Espero ansiosamente pelo resto do dia.

(respira fundo e segue em frente)

1.5.05

Às vezes penso

se serei
o ultimo romântico
cantado pelo
Caetano Veloso

Há algum

mal em querer conhecer pessoas novas?

Chega uma altura em que a terra
onde as amizades crescem
se torna estéril
(por uma razão)
e saturada,
(por outra qualquer)
e já não é possivel regá-las.

Que fazer?

As amizades não se compram, nem nada que se pareça.

(...)

O que realmente me lixa é que com esta coisa toda da blogosfera acabo por conhecer pessoas interessantissimas.
O problema é passar do conhecer ao conhecer!

Enfim, agora podia começar a desancar nisto tudo, mas
pergunto
-Para quê?